Teresópolis ainda está um caos

Três meses após o desastre ambiental causado por fortes chuvas que caíram na cidade de Teresópolis, cidade serrana do estado do Rio de Janeiro, a cidade ainda está um caos. A tragédia que se abateu na região, especialmente em Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo, causou a morte de mais de 900 pessoas e ainda existem pessoas desaparecidas. Como sempre a população brasileira procurou ajudar de todas as formas, com doações de roupas, mantimentos, medicamentos, móveis e até voluntários viajaram especialmente para ajudar as vítimas. Várias entidades, como igrejas e a Cruz Vermelha Internacional também ajudaram.

Todavia, quem deveria se empenhar mais nessa tarefa de reconstrução da cidade e ajuda aos desabrigados que, são os políticos e orgãos públicos, esses mostraram um desempenho pífio. Alguns elementos também se aproveitaram para vender material doado. Notícias dessa semana ficamos sabendo que tem gente vendendo água doada na ocasião. As ruas no centro da cidade de Teresópolis ainda apresentam buracos, lama e sujeira. Nos bairros mais afetados pelas chuvas, centenas de toneladas de entulho ainda cobrem ruas, estradas e casas. Moradores que perderam tudo ainda sofrem com as deficiências nos atendimentos.

Por outro lado, no Japão após a destruição causada pelo terremoto, seguido de um impressionante tsunami, uma rodovia que havia sido partida pelo meio em uma ampla faixa e com sérios afundamentos em várias outras partes, seis dias depois do ocorrido já haviam concertado. Cinquenta dias depois o trem-bala já estava circulando na região afetada pelo terremoto.

Será que não podemos ter uma eficiência assim aqui no Brasil? Será que precisaremos fazer um esforço de um multirão para resolvermos coisas que o poder público não consegue?

A população de Teresópolis, cansada de tanto desamparado já começa a se mobilizar para solicitar o afastamento do prefeito. É esperar para ver o que vai acontecer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: